Proteção UVA UVB Luz Visível

Fotoproteção UVA, UVB e Luz Visível

O Sol e a Pele

O sol, fonte de luz e calor tem múltiplas funções para o nosso organismo, que são ativadas após poucos minutos de exposição diária ao sol. Dentre essas podemos citar a estimulação da síntese de Vitamina D, importante para o fortalecimento dos ossos, equilíbrio das taxas de cálcio e fósforo e estímulo do processo de melanogênese, ou seja pigmentação da pele (melanina), além de melhorar a disposição e humor.

Porém essa mesma energia que é vital para o equilíbrio do organismo, se mal aproveitada, pode desencadear danos imediatos ou acumulativos à pele.

  1. Danos imediatos: são aqueles que aparecem logo após a exposição ao sol, como vermelhidão, ressecamento, queimaduras, e diminuição da resistência da pele.
  2. Danos acumulativos: só são percebidos ao longo do tempo, muitas vezes aparecendo após anos. A exposição frequente ao sol leva ao envelhecimento precoce da pele (fotoenvelhecimento), apresentando-se por meio de manchas, rugas, alterações de textura e progressiva perda de elasticidade, redução da defesa natural da pele, causando alterações e danos no DNA celular (células da pele) e facilitando o aparecimento de algumas doenças, como algum tipo de câncer de pele.

Conhecendo as Radiações Solares

  • Raios UVA: causa danos cumulativos, e são responsáveis pela formação de radicais livres, danos indiretos ao DNA celular, formação de câncer e são causadores do envelhecimento precoce.
  • Raios UVB: causam danos imediatos, são responsáveis pela síntese de vitamina D no organismo, mas também pelas queimaduras solares e pelos danos ao DNA, essa radiação é responsável por 65% dos cânceres de pele.
  • Luz Visível: trata-se de todo o tipo de luz, do sol, das lâmpadas artificiais como tela de computador, tablets e smartphones. Pode desencadear ou piorar doenças de pele, além de provocar manchas escuras, principalmente no rosto. 60% das pessoas gastam mais de 6h por dia em frente a equipamentos digitais. Estudos demostram que a luz visível pode gerar um estresse oxidativo, levando ao envelhecimento precoce.

Representação UVA UVB Pele

OS FILTROS SOLARES/ FOTOPROTETORES

  • Filtros Químicos: são absorvidos pela radiação, e transformando-os em baixa energia que são inofensivas á pele.
  • Filtros Físicos: atuam como bloqueadores, pois refletem a radiação UV, aplicados na pele, formam uma barreira protetora que impede que essa radiação atinja as camadas mais profundas. Possuem maior período de durabilidade na pele.
  • FPS dá informação de proteção UVA
  • PPD dá informação de proteção UVB

Como escolher o melhor Fotoprotetor?

O protetor solar deve ser adequado para cada tipo de pele e o consumidor deve sentir conforto durante o uso. Peles secas se adaptam melhor aos protetores que possuem o benefício de hidratação. Protetores que contam com antioxidantes em suas fórmulas podem ser aplicados com objetivo complementar a prevenção contra o envelhecimento precoce da pele. Para peles oleosas, são indicados protetores de toque seco e com o benefício do controle de oleosidade e brilho. O rosto é mais sensível ao Sol, desta forma aposte no FPS alto para melhor proteção, e que tenha o PPD, e proteção a Luz Visível.

Verifique se possui proteção UVA e UVB. Além disso, verifique o PPD, que protege contra raios UVA. É preciso que seja informado o valor do PPD na embalagem para que proteja também contra os raios UVA

Diferente dos raios UVB, os raios UVA afetam nossa pele o ano todo, independente da estação. Esse tipo de radiação traz prejuízos à pele, desde lesões mais simples, manchas e até o câncer de pele.

O PPD deve representar a metade do FPS. Dessa forma, você garante a proteção da sua pele de forma eficaz e evita o surgimento ou o agravamento das manchas do melasma.

Veja abaixo algumas indicações de excelentes Fotoprotetores:

IMPORTANTE

  • O filtro solar é um produto vital ao uso cotidiano, em dias nublamos ou ensolarados, no verão e no inverno. Uso contínuo, em dias de descanso e no trabalho.
  • A fotoproteção deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição solar, para que se forme uma barreira protetora, e deve ser reaplicado á cada 3 horas.

Um grande Abraço e Boa Proteção!

 

Referências:

Sandra, L. Dermatologia Estética, 2015  &  Harris. Pele do Nascimento à Maturidade,2016.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *